DR3 – Media e Informação – Os Mass Media

by

Inserir os trabalhos relativos à UC5 – DR3 – Media e Informação – Os Mass Media

2 Respostas to “DR3 – Media e Informação – Os Mass Media”

  1. jgomes Says:

    Questionário

    1- Define mass media.
    Os mass media são sistemas organizados de produção, difusão e recepção de informação. Estes sistemas são geridos por empresas especializadas na comunicação de massas. São os meios de comunicação de massa.

    2- Apresenta os principais mass media.
    Os principais são a televisão, a rádio, a imprensa e ainda o cinema e temos ainda a Internet como self media.

    3- Caracteriza os mass media.
    A principal característica dos mass media é a sua organização. Outra característica é a sua necessidade de máquinas na mediação da comunicação ou seja, aparelhos que façam o registo, a multiplicação, a gravação em milhares ou milhões de cópias e também precisam de milhares ou milhões de aparelhos receptores. Outra característica também importante é a capacidade que tem de atingir simultaneamente uma vasta audiência heterogénea e geograficamente dispersa.

    4- Localiza no espaço e no tempo o aparecimento da imprensa, cinema, da rádio e televisão.
    A imprensa apareceu em 1440 em Estrasburgo. O cinema em 1895 em Paris. A rádio em 1906 nos E.U.A.. A televisão em 1920 em Londres, Inglaterra.
    Jorge Manuel silva Gomes
    DCM nº9

  2. carlosleite66 Says:

    Meios de Comunicação (Social)

    Os jornais são uma fonte de informação e comunicação extremamente importantes para as sociedades actuais, tanto a nível de notícias, como à divulgação e programação, bem como à edição de publicidade, tendo leitores a alcançar, tanto em tipo como em temas. No que refere aos temas, a cultura é um assunto retratado e divulgado de forma distinta de jornal para jornal.
    No Publico, de 26 de Maio de 2008 a primeira pagina dá um grande ênfase a este tema, destacando a noticia sobre o festival de Cannes, onde desenvolve um suplemento que aborda assuntos e acontecimento da vida do cineasta Tarantino “ O que há a saber sobre ele que já não se sabia?”. Nas paginas subsequentes à capa são tratadas noticias da actualidade nacional bem como internacional, mas denota-se um pendor para a cultura pois, para alem dos temas já referenciados dá ainda grande atenção a assuntos como “jornalismo literário”, “quem matou D. João VI”, “Festival da Eurovisão”, “o regresso de um grande cantor”, bem como a uma vasta programação e divulgação cultural, onde apresenta uma agenda incidindo nos sub temas cinema, documentários, magazine, rádios, entretenimento, desporto, teatro, arte, musica, festas e feiras. Já no que se refere a um outro jornal, o Correio do Minho, verifica-se que não dá especial atenção a este tema, começando pelas paginas principais (capa e centrais), embora este jornal esteja direccionado e estruturado de forma diferente dos de grande tiragem, ou seja divide as noticias por regiões, visto que, tenta captar um tipo de leitor diferente, logo as noticias, publicidade, bem como a programação e divulgação cultural está mais dispersa, o que leva a que este tema tenha menos realce, apresentando apenas algumas sugestões na programação e divulgação de livros, DVD`s, CD´s, galerias cinemas e televisão, bem como dá noticias sobre as poesias de Saramago e pequenos apontamentos culturais regionais realçando a penas uma noticia sobre “Alberto Sampaio”, no que se refere a publicidade verifica-se que é nula.
    Em forma de conclusão e referente ao tema cultura, constatamos, que os dois jornais estão direccionados para públicos distintos, o Publico aposta mais na divulgação deste tema e abrange um maior numero de leitores comparativamente com o Correio do Minho, sendo este um jornal regional, para alem das noticias da actualidade que retrata, apresenta e divulga alguns eventos culturais, sendo que, convergem num ponto a publicidade, pois denota-se uma ausência quase total nos dois jornais, o que leva a pensar que será provavelmente por falta de verbas. A publicação de notícias e a divulgação de eventos culturais têm um impacto extremamente positivo na sociedade, porque alimenta e cria hábitos que são extremamente úteis ás sociedades mantendo-as informadas e actualizadas em relacção à cultura.

    Assinatura Humberto Quinteiro
    Sérgio
    Carlos Leite

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: